TV Câmara

SESSÃO ORDINÁRIA

terça-feira, 26 Agosto, 2014 - 15:00

Os vereadores da Câmara Municipal de Florianópolis derrubaram na Sessão Ordinária desta segunda-feira, 25 de agosto, o veto do prefeito da Capital ao projeto nº 15.450, de autoria do vereador Marcos Aurelio Espindola -Badeko, que cria o serviço de agendamento de consultas pela internet na rede básica do Sistema Único de Saúde, no município de Florianópolis.

O serviço estará disponível por meio de acesso a sítio eletrônico  instalado nas Unidades Básicas de Saúde, de forma a possibilitar que os usuários, através de um portal, preencham seus dados em um formulário e procedam a marcação em tempo real. O executivo estabelecerá em regulamento quais as unidades de saúde do município que estarão aptas a oferecer o serviço, em caráter inicial, até que a totalidade das unidades estejam em condições de implantar e prestar aos usuários os serviços.

O projeto foi apresentado pelo vereador Badeko, em agosto de 2013, e tramitou pela Câmara Municipal de Florianópolis, onde recebeu os pareceres favoráveis na  Comissão de Constituição e Justiça, Comissão de Ciência e Tecnologia, Inovação e Informática e Comissão de Trabalho, Legislação Social e Serviço Público. Foi encaminhado ao Plenário em maio de 2014 e aprovado em duas votações. O projeto foi encaminhado ao Executivo e recebeu o veto, retornando para a Casa Legislativa para nova votação.

Para o autor, vereador Badeko, o projeto foi bastante discutido pelos vereadores que entenderam a importância e a facilidade que a proposta pode trazer aos moradores de Florianópolis. “ Com a implantação deste serviços os moradores não precisarão mais ir de madrugada para a fila dos postos de saúde.  Quem não tiver acesso à internet poderá continuar fazendo o agendamento direto nas unidades de saúde. O que queremos é dar mais agilidade e eficácia ao serviço de agendamento”, informou Badeko.