Text Resize

-A A +A

Tema

Current Theme: Padrão

SEDE DA POLICIA MILITAR NO SUL DA ILHA É TEMA DE AUDIÊNCIA PÚBLICA
43708225-09a4-489e-bdbf-5f539f96b38e

A doação de um terreno para a construção da nova sede da 3ªcia/4ºBPM (Batalhão da Polícia Militar), foi tema de uma Audiência Pública realizada nesta quinta-feira (29/11), no plenarinho da Câmara Municipal de Florianópolis. O terreno fica localizado próximo ao novo acesso do Aeroporto Internacional, sendo posição estratégica para o atendimento de ocorrências em toda a região Sul da Ilha.

Atualmente o 4ºBPM encontra-se em terreno alugado e teve a devolução do espaço solicitado pelo proprietário. Segundo o Tenente-coronel Marcelo Pontes, é de extrema importância a Polícia Militar ter uma sede própria: “Precisamos de um local que atenda as necessidades do batalhão e da população, e que não fiquemos à mercê de mudanças”- enfatizou.

A região Sul da Ilha vem se desenvolvendo muito ao longo dos últimos anos, obtendo um crescimento tanto populacional, quanto na consolidação de grandes empresas, por isto, é preciso pensar em toda a estrutura necessária para manter a qualidade de vida dos moradores. 

Para Alencar Deck, representante da AMOCAM (Associação dos Moradores do Campeche), a segurança para a comunidade é fundamental, ele afirma que “além de uma estrutura física que atenda as necessidades, precisamos também de um maior número de efetivos”. 

O vereador Fábio Braga (PTB), presidente da Comissão de Viação, Obras Públicas e Urbanismo, exaltou a atuação da Polícia Militar de Santa Catarina: “Temos a melhor polícia do país e essa obra vai ajudar na qualidade dos atendimentos para a região, por isso, já adianto o meu parecer, pela comissão, que é admissibilidade do projeto”.

O local era destinado às obras do sistema viário e por isso não pode ser alterado sem mudança no Plano Diretor. Esta mudança não concede os alvarás necessários, apenas a permissão de uso do local. 

Estiveram presentes na Audiência Pública, membros dos conselhos comunitários da região Sul da Ilha, membros da Polícia Militar,  representantes da FLORAM, do Conselho Municipal das Cidades, do DEINFRA e do IPUF, além dos vereadores Lela (PDT), Marquito (PSOL) e Lino Peres (PT).

Notícias Relacionadas