Text Resize

-A A +A

Tema

Current Theme: Padrão

REUNIÃO AMPLIADA DISCUTE PROJETO EDUCAR NO VERÃO
96b1b2a4-4bf3-4ea0-915a-74aa9c11de96

Discutir e avaliar o funcionamento das creches de verão da Capital foi a finalidade de uma Reunião Ampliada realizada pela Comissão de Educação, Cultura e Desporto da Câmara, nesta quarta-feira (24/10).  O programa Creche de Verão é desenvolvido no período de 02 a 31 de janeiro, como forma de contemplar o atendimento às crianças carentes da rede municipal, enquanto os pais trabalham.

O secretário Municipal de Educação, Maurício Fernandes Pereira, explicou que o programa começou no ano de 2017 com muitas inscrições, mas a frequência escolar foi baixa, menos de 50 por cento: “Temos que avaliar se vale manter as unidades nesse período, pois os custos para manutenção dos espaços e do pessoal é alto. Muitos pais deixam os filhos na creche e vão para a praia”.

Outro ponto avaliado pelo secretário é que as crianças ficam muito tempo na escola e isso pode prejudicar a adaptação delas em fevereiro, quando inicia o ano letivo: “As crianças precisam passar esse tempo com a família, ficar com os pais, creche não é assistência social”.

Já para o vereador Professor Felipe (PDT), membro da Comissão, existe uma preocupação em relação a deixar essas crianças fora da escola na temporada. “Muitos pais trabalham nessa época na praia e levam as crianças. Elas ficam às vezes mais de dez horas acompanhando a família, período que poderiam praticar atividades proporcionais a sua idade”.

A presidente do Conselho Municipal de Educação, Maria de Jesus, questionou a falta de união das políticas públicas com essas crianças: “A creche de verão não é na praia, ela também está nas comunidades. Precisamos que a educação, a saúde e a assistência social trabalhem juntas, para garantir que essas crianças frequentem as aulas”- afirma.

Uma sugestão deixada no debate, foi a realização de uma Audiência Pública com todos os órgãos responsáveis e comunidade.  

Notícias Relacionadas