Text Resize

-A A +A

Tema

Current Theme: Padrão

O povo santo e o direito à cidade foi tema do debate no plenarinho da Câmara de Vereadores durante a semana das Religiões de Matriz Africana, nesta quarta-feira (25/04). Organizada pelos vereadores Lino Peres (PT) e Marquito (PSOL) a palestra abordou temas importantes, como o modo de ver, crer e viver na cidade na perspectiva do povo de santo.

A Câmara, em sessão ordinária desta quarta-feira (25/4), rejeitou o veto do prefeito ao Projeto de Lei Complementar 1506/2015, de autoria do vereador Afrânio Boppré (PSOL).

O secretário municipal de mobilidade urbana, Marcelo Roberto da Silva, prestou esclarecimentos aos vereadores sobre o aumento das tarifas do transporte coletivo da Capital. As explicações foram apresentadas em sessão extraordinária realizada nesta terça-feira (24/4). A convocação foi requerida pelo vereador Afrânio Boppré (PSOL).

Em homenagem ao início da Semana das Religiões de Matrizes Africanas a Câmara realizou uma sessão nesta segunda-feira (23/4). A proposição de comemoração, aprovada por unanimidade dos vereadores, foi apresentada pelos vereadores Renato da Farmácia (PR) e Lino Peres (PT).

“Cavaleiro que bateu na minha porta, passei a mão na pemba para ver quem é. Era São Jorge guerreiro, cavaleiro na força e na fé”. Em referência a música Ogum bateu na porta, o vereador Renato da Farmácia iniciou seu discurso.

A Semana Municipal de Ciência, Tecnologia e Inovação fará parte do calendário de eventos de Florianópolis, anualmente em outubro. A proposta, apresentada pelo vereador Miltinho Barcelos (DEM), foi aprovada nesta segunda-feira (23/4) e será agora encaminhada para o Executivo para sanção.

Garantir o direito das mulheres de amamentar seus filhos em locais públicos ou de uso coletivo foi o que levou o vereador Tiago Silva (MDB), a criar o Projeto de Lei N. 16.547/2016. Diante de muitos casos de mulheres que foram constrangidas ou impedidas de amamentar em espaços públicos foram lembrados pelo autor, na justificação do projeto.

A partir de agora será possível transportar animais domésticos em ônibus coletivo de passageiro no município de Florianópolis sem muita burocracia. Em sessão na Câmara desta segunda-feira (23/4), foi aprovado o Projeto de Lei Complementar 1.620/2017, da vereadora Maria da Graça (MDB).

Uma das questões que mais complica a vida de muitos donos de cachorros e gatos é o transporte desses animais. Levando em consideração que muitas pessoas não possuem veículo próprio e usam no seu dia a dia o transporte coletivo, tanto para trabalhar, como para os seus momentos de lazer.  

O trabalho do legislativo e cada um dos 23 vereadores é criar, aprovar ou rejeitar projetos de lei, além de fiscalizar as ações da prefeitura. O foco é instituir as melhores condições para o cidadão florianopolitano, de forma ética, democrática e transparente.

Cada trabalhador tem sua forma de pensar, suas crenças e sua opinião. O dia a dia do vereador não é diferente, além de muito trabalho, todos temos ciência de nossa responsabilidade sobre cada decisão tomada dentro da Câmara, cada um com sua linha ideológica.

O projeto de lei que inclui Organizações Sociais (OS’s) na gestão de serviços de Educação e Saúde de Florianópolis foi aprovado pelos vereadores por 16 votos favoráveis e seis contrários. A proposta, encaminhada pelo Executivo, foi debatida e votada em sessão extraordinária realizada neste sábado (21/04), no Plenário da Câmara.

A Câmara aprovou, nesta terça-feira (17/4), o projeto de lei que institui em Florianópolis a Política de Agroecologia e Produção Orgânica. A proposta, de autoria do vereador Marquito (PSOL), tem como objetivo integrar, articular e adequar políticas públicas, programas e ações de produção orgânica. A proposição segue agora para sanção do Executivo.