TV Câmara

Vereadores de Florianópolis criam CPI da Zona Azul

A Câmara de Vereadores criou uma Comissão Parlamentar de Inquérito para investigar possíveis irregularidades no contrato de concessão do serviço de cobrança dos estacionamentos públicos da capital, mais conhecidos como Zona Azul. Assinado em 2013, o contrato com a Dom Parking foi rompido em setembro depois que a dívida da empresa com a Prefeitura ultrapassou o montante de R$ 21 milhões. Este valor seria investido para melhorar a mobilidade urbana da cidade. 

Relator da CPI, o vereador Gabrielzinho apresentou seu parecer preliminar na última segunda-feira (30) e, após análise dos demais membros da comissão, foi decidido que a investigação do caso vai avançar. Além da falta do repasse à Prefeitura, a Dom Parking também não teria recolhido o FGTS e deixou de cumprir com outras obrigações trabalhistas dos mais de 160 funcionários que eram empregados no serviço. Além de Gabrielzinho, também integram a CPI os vereadores Guilherme Pereira (MDB), Dalmo Meneses (PSD), Pedro Silvestre (PP) e Vanderlei Farias (PDT).  

O grupo volta a se reunir no próximo dia 14 para ouvir esclarecimentos dos gestores de recursos humanos e contabilidade da Dom Parking, além de Marcelo da Silva, que é ex-secretário de mobilidade urbana de Florianópolis.

 

*A produção das Notícias dos Gabinetes é de responsabilidade do mandato de cada parlamentar. A Comunicação da Câmara Municipal de Florianópolis não responde pelo conteúdo das mesmas. Cada matéria é assinada pelo vereador autor e é de sua inteira responsabilidade