TV Câmara

Aulas 100% presenciais no estado e município é tema de reunião ampliada nesta quarta-feira

quarta-feira, 8 Dezembro, 2021 - 18:15

Discutir o retorno das aulas presenciais para o ano letivo estadual e municipal de 2022 foi o objetivo da reunião ampliada realizada nesta quarta-feira (8) no âmbito da Comissão de Educação Cultura e Desporto da Câmara Municipal de Florianópolis

No encontro que contou com a presença de representantes da Secretaria de Educação das esferas estadual e municipal, foi levantado que o principal impedimento para o retorno total das atividades presenciais nas escolas é a Portaria Conjunta SES/SED/DCSC Nº 1967 DE 11/08/2021, que obriga o distanciamento de 1 a 1,5 metro de raio entre cada aluno nas salas de aula. Esse distanciamento influencia na capacidade de suporte dos estudantes no espaço e leva as escolas a adotarem o formato híbrido de ensino. Atualmente cerca de 50% das escolas estaduais estão funcionando dessa forma.

A evasão escolar é a principal preocupação das secretarias e a motivação para o retorno das aulas presenciais, uma vez que cerca de 841 alunos que no ano passado abandonaram as aulas, em 2021 estão sem matrícula. No âmbito municipal, pelo menos 1,6% das matrículas foram abandonadas. “A gente vê que as famílias foram desistindo um pouco da escola, foram se afastando do ambiente escolar e isso é preocupante. A gente tem sim que fazer movimentos para esse retorno”, disse a representante da Secretaria de Estado da Educação, Karen Deichmann

De acordo com Karen, embora a ideia seja retirar a obrigatoriedade de distanciamento entre os alunos, ainda deverão ser mantidos os cuidados de prevenção à transmissão do coronavírus nas salas, como o uso de máscara e, principalmente, a ventilação cruzada - janelas e portas abertas.

No dia 16 de fevereiro está pré-agendada mais uma reunião para que seja apresentado o planejamento de início do ano letivo, já com foco nas aulas 100% presenciais. De antemão, na reunião desta quarta-feira, foi destacado que para que esse retorno seja alcançado, todas as escolas que hoje estão fechadas ou estão em modelo remoto de ensino, estarão prontas para receber os alunos presencialmente.