TV Câmara

Câmara abre diálogo entre Casan e Moradores atingidos na Lagoa da Conceição

segunda-feira, 8 Fevereiro, 2021 - 19:00

A Câmara Municipal na manhã desta segunda-feira (08/02), promoveu encontro com representantes da Casan e moradores da Lagoa da Conceição com o intuito de resolver os problemas das famílias que residem na região, após o desastre ambiental ocorrido no final do mês de janeiro, onde uma lagoa artificial da companhia rompeu e causou danos materiais e ambientais na região.

Diante da tragédia, o presidente do legislativo municipal, vereador Roberto Katumi, instituiu uma comissão temporária composta por dez vereadores que irá intermediar e acompanhar o impasse no ressarcimento dos danos envolvendo a Companhia e as famílias atingidas.

“A Câmara mais uma vez vem cumprir o seu papel em fazer uma ponte de ligação entre a comunidade  e a Casan. Foi uma reunião totalmente produtiva, a Companhia hoje reconheceu publicamente o direito dessa comissão de moradores e dando mais um passo para discutir realmente o que está na planilha de reivindicações para que estas famílias possam retomar suas vidas,” enfatizou o presidente da CMF.

Os moradores da servidão Manoel Luiz Duarte representados pelos moradores Amanda Nicoleit, Thaliny Marques, Pablo Zimmer e Alexandre Maia entregaram uma lista de reivindicações, onde solicitam os reparos integralmente pelos danos sofridos com o rompimento da lagoa de infiltração no último dia 25 de janeiro de 2021. 

“ Não estamos querendo exigir nada a mais, nós só queremos ter condições de voltar para casa tranquilos. Estamos aqui hoje debatendo o nosso direito em ter nossa vida  de volta e nossos bens materiais para que a gente possa trabalhar.,” afirmou Pablo Zimmer que mora na região há treze anos

A Casan esteve presente na reunião seis profissionais e a equipe  avaliou a reunião como produtiva para os dois lados e também reconheceu a burocracia, mas que ao mesmo tempo como empresa pública a comissão precisa estar oficialmente criada avaliar os seus pleitos e mensurar quem serão os afetados por suas reivindicações.

“ A reunião criou uma ponte muito boa de que  vai haver racionalidade dos dois lados para que todos compreendam as limitações onde se pode avançar  e conseguimos dar soluções criativas, mas respaldadas pelos direitos.  Para que a gente consiga indenizar integralmente essas quanto antes,” destacou Bruno Bonemer - Procurador Chefe da Casan. 

Uma nova reunião ficou agendada para amanhã (09/02), na sede da Companhia Catarinense de Águas e Saneamento para deliberar sobre as pautas emergenciais e encaminhamentos da pauta de reivindicações apresentada pelos moradores. participaram da reunião ainda os vereadores Renato Geske, Carla Ayres, Marcos José de Abreu - Marquito, Pri Fernandes, Cíntia da Coletiva Bem Viver, Manu Vieira, João do Bericó, João Luiz, Maikon Costa e Diácono Ricardo.